Sua Casa


AT Revista
Tribuna de Santos

É nos pequenos detalhes que se percebe a preocupação e o carinho que o anfitrião tem com seus convidados. Na Páscoa, quando é celebrada a ressurreição de Jesus, nada melhor que reunir as pessoas de quem mais gostamos em um especial e delicioso almoço.
Então, que tal deixar o clima da data transformar sua casa? Gladys Ruozzi, responsável pelos cursos de dicas de decoração e culinária oferecidos pelo Espaço Home, afirma que é possível criar um clima especial com apenas alguns toques nos ambientes da casa, começando pela entrada."Podemos dar boas-vindas aos convidados com um belo enfeite de porta. E no lavabo, vale colocar sabonetes em formato de ovinhos".
A designer de interiores Iara Kilaris ensina que o segredo para uma boa decoração é reaproveitar os objetos do dia-a-dia."É só pensar em uma nova função para eles. Uma bela jarra de suco, por exemplo, vira um vaso para flores; saladeiras se transformam em cestos de pão e as taças podem receber patês".
A artista floral Dora Santoro reforça a dica, mostrando que a imaginação, além de ajudar a economizar, pode deixar a decoração única."Uma lata de leite condensado, lavada e forrada com retalhos, fica linda para ser utilizada como vaso, assim como copinhos de isopor pintados".
E criatividade parece mesmo ser a palavra mágica. Com apenas dois rolos de fita de cetim (laranja e verde), é possível decorar mesas, fazer cestas para colocar os ovos e até amarrar os talheres.
Os coelhos, que representam a fertilidade e já se tornaram símbolos oficiais da data, também devem fazer parte da decoração, ajeitados em cadeiras, mesas e até nas paredes.
No clima da A designer aposta também nas velas, que celebram a ressurreição e o Círio Pascal, para criar um clima mais aconchegante.
Já para manter acesa a fantasia da data, Dora Santoro dá as seguintes dicas: "Fica muito simpático elaborar um cardápio, com uma certa dose de humor no nome das receitas. Exemplo: arroz com molho de coelho branco, salada de ovinhos, torta de palmito da coelhinha Bunny etc., que podem servir de lembrança do encontro.
Outra brincadeira que não pode faltar é esconder os ovos e fazer pegadas de coelhos com farinha de trigo pela casa". Para garantir que nada atrapalhe a alegria desta data, alguns cuidados na hora de arrumar a mesa devem ser levados em conta. A regra para não errar é simples, segundo Dora: Toalhas lisas pedem louças estampadas, e toalhas estampadas, louças lisas. Dessa forma, elas não competem e você não cria um ambiente poluído visualmente. A melhor aposta são as toalhas neutras, que podem receber guardanapos, louças, taças e arranjos coloridos.
Opte por objetos, cores, flores e tecidos que remetem os convidados ao clima da festa.
ir para o site www.iarakilaris.com.br

Homenagem


Em comemoração a Semana da Mulher, a Câmara Municipal de Americana - SP, homenageou as mulheres de destaque em várias profissões.
A Designer de Interiores e Paisagista Iara Kílaris, foi a escolhida em seu ramo de atividade, e com muito orgulho recebeu a homenagem no plenário, em meio a muitos aplausos.

ir para o site www.iarakilaris.com.br

Interiores Contemporâneos em Bragança Paulista






A exposição Interiores Contemporâneos da designer Iara Kílaris, estará em conjunto com o arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris, presente na segunda edição da Febracon, em Bragança Paulista. Maiores informações, visite o site da feira.

ir para o site www.iarakilaris.com.br

Mesas de Páscoa



A designer de Interiores Iara Kílaris, participa da mostra Casa Bonita - Mesas de Páscoa, apresentando um trabalho extremamente criativo e ao mesmo tempo bastante econômico, mostrando que não precisamos gastar muito para decorarmos ambientes em ocasiões especiais.
ir para o site www.iarakilaris.com.br



Video - decoração de uma casa


Fonte : SBT, Programa Arte e Construção
ir para o site www.iarakilaris.com.br

Quadros dão mais vida ao ambiente

Projeto da designer de interiores Iara Kilaris, estampa a capa do Jornal Folha da Região, da cidade de Araçatuba, SP.
Abaixo, a integra da matéria e entrevista com a designer.

Luciana Brunca
Jornal Folha da Região

Quando se fala em decoração de uma casa ou ambiente profissional, logo se pensa nos móveis, lustres, abajures e uma infinidade de outros objetos e peças. Não se pode esquecer, no entanto, que as paredes desses espaços também merecem atenção.
Sempre em alta, os quadros trazem vida aos ambientes, além de doces lembranças. Galerias de fotos, molduras, lugares, paisagens, pinturas abstratas, grandes, pequenos, quando se fala em quadros, quase tudo é permitido.
Um quadro bonito é como uma boa música: quanto mais se vê, mais se aprecia, sendo fonte de prazer espiritual. "Os quadros devem remeter a algo agradável, trazer boas sensações e não ser somente uma simples peça de decoração", comenta a designer de interiores Iara Kílaris, de Campinas.
Na hora de escolher um quadro, bom senso e criatividade são fundamentais. Mesmo assim, o objeto deve transmitir alguma sensação ao ser olhado e despertar o desejo do comprador. Na 'onda' do vale tudo (ou quase), os especialistas ressaltam que existem algumas regras básicas na hora de comprar o quadro e escolher o local em que ele será usado.
Uma opção moderna e que está sendo muito utilizada é a galeria de fotos - vários quadros pequenos colocados na mesma parede. "Essas peças são muito utilizadas em corredores e no quarto do casal, por exemplo. Podem ser fotos dos filhos, do próprio casal, dos pais e até de amigos. A idéia é original e o efeito é muito legal", ressalta Iara.
O quarto dos adolescentes pede inovações e além de quadros que ocupam a parede inteira, podem ser usadas fotos nas portas dos armários ou até mesmo papel de parede. Nesse caso, música, cores e interesses dos filhos devem ser levados em consideração na hora de escolher o modelo do desenho.
As cozinhas também ganham um ar especial com os quadros. Imagens ampliadas de alimentos, cereais, ervas, entre outros motivos que remetam ao ambiente podem ser usados. "Dá um toque de sofisticação ao local. O resultado final é um charme", diz a designer de interiores. Paisagens, gravuras e também telas exclusivas, valorizando nesse caso os artistas regionais são as opções para a sala. "Um quadro personalizado é muito bacana. E com isso é possível prestigiar os pintores locais, comprando às vezes grandes obras de arte por valores acessíveis.
As telas de paisagens criam uma sensação de profundidade na parede da sala", explica Iara. Antes de escolher os quadros é preciso ficar atento aos detalhes da decoração. Não combina usar uma obra de arte moderna em um ambiente clássico ou contemporâneo. "Os quadros podem ser coloridos, alegres, mas as molduras devem manter a mesma linguagem da decoração.
Sobre os quadros florais, apesar de muito comuns na maioria das casas, Iara diz que estão em desuso", ressalta Iara.Nas áreas externas podem ser usados painéis de madeira com plantas naturais, ou feitos de materiais cerâmicos com efeitos de mandalas e mosaicos.
COMO PENDURAR - Na hora de colocar os quadros na parede, são muitas as dúvidas que surgem. Onde pendurar? Qual a melhor altura e distância de outros objetos e móveis? Como definir os espaços? "Não há regras para pendurar os quadros na parede, sendo também quase tudo permitido. Sempre valorizando o ambiente, sem perder a harmonia", explica Iara.
A principal regra é manter o quadro aproximadamente no centro da altura do olho, não precisando nem erguer ou abaixar a cabeça para contemplá-lo. Antes de pendurar, é preciso observar o pé direito (altura do teto) e dos móveis. O quadro não precisa ficar centralizado no ambiente, basta estar em equilíbrio com demais objetos no local escolhido.
Uma outra dica é colocar primeiro todos os objetos que serão pendurados no chão e analisar todas as possibilidades. O melhor é usar pregos (para quadros não muito pesados) e parafusos com bucha (para paredes de blocos ou tijolo tipo baiano) evitando fazer furos muito largos para que o quadro tenha firmeza na fixação. "Se for colocar o quadro no quarto é fundamental que o mesmo esteja sempre acima de 1,30 metro do chão.
Na sala, quando o mesmo for ficar pendurado em cima do sofá, a distância deve ser de 1,40 metro do chão", diz Iara. Agora, se o quadro for colocado em um ambiente que tenha outros objetos que ressaltem, por exemplo, uma mesa de jantar, o mesmo deve ser centralizado tomando-se como parâmetro a mesa e não pela parede.
Os quadros com pinturas abstratas não seguem a nenhuma regra e podem ser pendurados em diferentes posições. A iluminação também é um item importante. Se for possível, o melhor é utilizar luzes direcionadas. Caso não seja, é necessário estar atento para que a iluminação do ambiente não cause sombras e nem modifique os tons da pintura. "Independentemente das regras, o que vale mesmo é a criatividade e o gosto de cada um.
A casa e todos os objetos que a compõem têm que ter a personalidade dos moradores", finaliza Iara.
ir para o site www.iarakilaris.com.br

Video - Projeto de um quarto

Fonte : Tv Bandeirantes, Programa de Ponta a Ponta

ir para o site www.iarakilaris.com.br

Decorando mesas

Sempre é bom decorar mesas para eventos especiais, isso valoriza mais ainda a festa ou ocasião.
O objetivo da designer de interiores Iara Kílaris foi, a partir da decoração desta mesa, trazer harmonia e prosperidade à família. Para isso utilizou o sousplat de espelho, deliciosas amêndoas prateadas e os tons verdes, todos símbolos de prosperidade.
A escolha de plantas naturais também tem a intenção de atrair bons fluidos e transformar a energia.
ir para o site www.iarakilaris.com.br

Galeria em casa


por Ana Marson
Suplemento Casa&Decoração

Não precisa ser um Picasso ou um Da Vinci. Quando o assunto é quadro, o que define se ele é ou não uma obra de arte é a exclusividade, o fato de ter sido feito especialmente para alguém ou um lugar - as xilogravuras também têm seu valor. Só que um objeto desses merece respeito e é legal seguir algumas dicas para que ele não se torne apenas mais um item na decoração de sua casa.
Para a decoradora Iara Kílaris, de Americana, a obra de arte deve ser valorizada e usada como elemento de destaque. Duas sugestões são iluminar os quadros com luminárias presas à parede ou com iluminação no gesso e colocar as peças em uma altura na qual seja possível apreciá-las, sem precisar erguer muito ou abaixar o pescoço.
“Atualmente se mescla vários estilos. Um predomina e compomos a decoração do ambiente com outros”, informou Iara. Só que essa tarefa não é muito fácil de se fazer sozinho e uma mãozinha profissional cai muito bem. Afinal, você não vai querer fazer da decoração de sua casa uma verdadeira miscelânea nem deixar “escondido” aquele quadro maravilhoso que a família e os amigos adoram.
Cuide de seu quadro
Se for necessário o uso de vidros, opte por aqueles que são anti-reflexo
Para tirar o pó da moldura use pano ou pincel
Confira a parte de trás do quadro para checar se há traças, insetos e mofo
Evite colocar quadros em locais onde haja tendência a umidade
Coloque pedaços de cortiça nos cantos internos, para não marcar a parede
Não use aspirador de pó nem espanador na limpeza
Não deixe que o sol atinja diretamente as telas
Valorize sua obra de arte
O quadro deve ser iluminado - com iluminação no gesso ou luminária presa à parede
Se quiser deixar as obras à mostra, coloque-as no living, hall de entrada ou sala de jantar; aqueles que desejam colocar os quadros em ambientes mais reservados podem apostar no local de circulação dos quartos ou nos dormitórios
O quadro deve estar em uma altura que dê para ser apreciado
A moldura deve ter relação com o tema e o “peso” da obra. As maiores valorizam o quadro
Evite grande quantidade de quadros com temas diferentes num mesmo ambiente

ir para o site www.iarakilaris.com.br